Imagem capa - AMAMENTAÇÃO – Preciso me preparar para esse momento? por Patrícia Oguma
PAPO DE MÃE

AMAMENTAÇÃO – Preciso me preparar para esse momento?

Ainda durante a gravidez, as mulheres idealizam aquele momento íntimo e mágico da amamentação. Preparam um cantinho especial no quarto do bebê, compram sutiãs modernos e roupas práticas. Recebem informações sobre os benefícios do leite materno e esperam com ansiedade pelo grande dia.

Mesmo com todo o desejo pela amamentação, muitas mulheres passam por dificuldades e a informação é a ferramenta principal para passar por esse momento com mais qualidade tanto para a dupla mãe-bebê como para toda a família.

Quer se preparar para a amamentação? – Busque informações desde o momento em que optou por tentar engravidar. Engravidou? Participe de rodas de conversas ou cursos para gestantes, tire todas as dúvidas que forem surgindo e se apodere desse conhecimento, essa é a chave para um bom êxito na amamentação.

As mamas são naturalmente preparadas para a amamentação, qualquer interferência externa poderá atrapalhar.

Durante a gestação a mama modifica-se, aumenta de tamanho, escurece e surgem pontos esbranquiçados ao redor de toda a aréola (parte escura em volta do mamilo). Esses pontos são chamados de glândulas de Montgomery, é como se fossem pomadas naturais que lubrificam as mamas e preparam para a amamentação. Passar bucha vegetal, óleos ou pomadas industrializadas acabam por retirar a lubrificação natural deixando a pele da aréola e do mamilo mais sensíveis e expostas à lesões quando em contato com a sucção do bebê.

Portanto, o melhor a fazer durante a gestação é dar banho de sol nas mamas quando possível, 10 – 15 minutos por dia, começo da manhã ou fim de tarde com o intuito de fortalecer a pele. Usar um sutiã de boa sustentação que acompanhe o crescimento das mamas. Evitar uso de pomadas, cremes ou óleos na parte escura da mama e obter muita informação sobre a amamentação e seu manejo.

Leite materno é o melhor alimento para o seu bebê, exclusivamente, até o sexto mês e continuado até 2 anos ou mais!

Daniela M. G. Marcorin